5 problemas de saúde que o assédio sexual pode causar

Não é a primeira vez neste ano que tal ato ganha repercussão

No último domingo ganhou notoriedade o caso de assédio sexual movido contra um dos novos donos da Playboy. São nove as modelos que entraram com um processo contra André Sanseverino e, apesar dos números variarem, cerca de 30 outras entraram em contato e ofereceram apoio.

Não dá para dizer que foi um caso isolado, nem é necessário puxar tanto da memória para se lembrar do caso do José Mayer. Além do mais, para quem acha que assédio sexual é uma questão que só tem mulheres como vítimas, é bom saber que há casos contrários também  — e que são tão tóxicos mentalmente quanto.

Assédio sexual, além de contra a lei, é um gatilho para diversos problemas de saúde mental. Ele se dá desde insinuações sexuais sem consentimento, até toques indesejados. Veja alguns dos problemas que esse tipo de comportamento pode causar:

1- Transtorno de estresse pós-traumático

Depois das coerções de caráter sexual sofridas não é lá tão difícil perceber como um TEPT pode ocorrer. Afinal, depois de ter sofrido o assédio, mesmo relações saudáveis podem ser gatilhos para que tal distúrbio de ansiedade se dê.

2- Depressão

Avanços não consensuais do tipo também podem ser causa de depressão. Isso porque a vítima se encontra em uma situação na qual se sente isolada e com medo de contar o problema pelo qual vem passando para não sofrer represálias (perda do emprego, notas ruins, acusações de traição, etc.).

3- Síndrome do pânico

A opressão sofrida também pode ocasionar nos intensos sintomas causados pelo transtorno de pânico. Mesmo em um momento no qual não haja um perigo real, sintomas como falta de ar, excesso de suor, tontura, tremores, desmaio e sensação de morte podem acometer aquele que passa por situações nas quais foi assediado.

4- Reações psicossomáticas

Entre elas, estão dores no corpo — especialmente no pescoço — e pressão alta, segundo estudos. Tais dores no pescoço se explicam, ainda mais em ambientes corporativos, nos quais as vítimas sentem a necessidade constante de olhar seus arredores (de forma a evitar o possível agressor).

5- Suicídio

Em último caso, pensamentos suicidas podem ser reflexos não só do assédio sexual, mas também da sensação de não haver outra saída. E não é só teoricamente que isso acontece.

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.