7 coisas para NÃO fazer como os caras do BBB 20

Acompanhando ou não, essas cagadas são bem parecidas com a vida real

7 coisas que os caras do BBB 20 te ensinaram a NÃO fazer

Mesmo quem não acompanha o Big Brother Brasil 2020 fica sabendo do que rola dentro da casa. Não é à toa que o programa é um dos mais populares do país e sempre é bastante comentado quando entra no ar. Diante disso, ainda que não veja o BBB 20, é bem provável que você saiba o quanto os participantes masculinos estão sendo criticados por suas atitudes.

O fato é que, desde cedo na 20ª edição do Big Brother Brasil, os chamados “Chernoboys” estão vacilando das mais diversas formas. Afinal, com câmeras 24 horas por dia olhando cada coisa que a pessoa faz, é bem fácil perceber cada erro de conduta. E, olha, foram muitos.

Por outro lado, é bom ver os vacilos de outras pessoas, porque assim dá para aprender sem fazer as mesmas coisas. Então veja as dicas incidentais do que não fazer dadas pelos participantes do BBB.

Chernoboys: O que aprendemos com os caras do BBB 20

Ninguém quer ficar com a fama de “Macho escroto” por aí.

1 – O mundo tá diferente

Por mais que as câmeras não te acompanhem igual no BBB é bom reparar nas atitudes que você anda tendo. Pode ser o modo de falar um pouco mais bruto ou a forma de lidar com os seus colegas. Dessa forma, o importante é reparar algum comportamento que tenha magoado alguém.

Claro que pensamos e agimos de forma diferente no meio de um grupo de amigos, mas é bom pensar duas vezes antes de dar aquela zuada ou fazer algo que seja pesado. Não é a toa que já tem ações de assédio contra o Petrix e o Pyong Lee, tudo com “brincadeiras” de festa. Isso não é desculpa.

2 – Saiba dividir

Dentro de casa, do trabalho ou da faculdade busque sempre dividir, não importando se é comida ou qualquer outra coisa. O participante Lucas escolheu não dar nenhuma estaleca e gerou uma crise de comida na Casa, egoísta e sem noção.

Não é bom ficar sendo mão de vaca e mesmo que não tenhamos o famoso “paredão”, vamos ser julgados por não termos dividido. Não é todo mundo que tem um Babu com bons argumentos pra defender.

3 – Escolha sua companhia

É claro que ficamos amigos daqueles que mais possuímos afinidade, não é mesmo? Mas temos que tomar cuidado para ver se essas pessoas, com seus comportamentos, não vão ajudar a fazer a nossa caveira por aí e assim ficarmos mal vistos.

O grupo dos meninos, conhecidos como Chernoboys aqui fora, alimentou o mal comportamento um do outro. Mesmo quando eles acreditavam que eram forte, foram saindo um por um por insistir nessa vibe errada.

4 – Evite comentários negativos sobre as mulheres

Mesmo dentro da rodinha de amigos é importante evitar comentários negativos sobre qualquer mulher. Então não façam como o Lucas da edição deste ano que soltou um “só não comi, porque não estava com fome”.

Isso colaborou para a sua eliminação dessa semana, obviamente, e também queimou ele feio com as meninas da Casa.

5 – Escute o outro lado

Isso vai ampliar a sua visão e você poderá pensar mais sobre o que fazer diante de uma treta alheia. Se uma menina diz “Ele está sendo machista”, ao invés de rebater com uma defesa, tente entender o lado dela. Afinal, ela entende mais sobre o que é ser uma mulher no nosso país do que você.

No momento em que os meninos não criaram esse espaço de discussão mais amigável, ficando na defensiva, foi aí que o afastamento foi definitivo. Acredite, você não quer ser visto como um inimigo, da forma que o Hadson foi visto.

6 – Não negue o que você falou

Neste ano, ocorreu algo muito estranho: alguns homens da casa esqueceram o que tinham falado sobre os outros participantes, principalmente sobre as mulheres. Mesmo quando os participantes da Casa de Vidro contaram o que o público assistiu, os Chernoboys negaram.

Com isso, fica a lição de que é necessário tomar cuidado com o que se diz, e caso você tenha falado alguma besteira, não negue.

7 – Saiba pedir desculpas

Em meio a um lugar que se compra a briga do outro sem pensar duas vezes, discutem sobre a divisão de biscoito, não contribuem com a alimentação da semana e entre outros fatores, só nos resta aprender uma coisa: pedir desculpas para o outro.

Sente e converse com a pessoa, mas sem ficar esquentadinho como o participante Felipe Prior.

Disposto para mudar

Você já viu que é preciso pedir desculpas para o colega por conta de alguma bobeira cometida. A partir disso, repense sobre o seu comportamento e veja se vale a pena continuar tendo atitudes semelhantes, ainda mais vivendo ou trabalhando com outras pessoas que podem ficar chateadas com as suas ações.

A melhor saída é mudar aquele comportamento que incomodou alguém. É bom reconhecer os erros e botar uma pedra na história, assim dá pra seguir em frente e até sair como campeão.

Pronto para evitar de se tornar um “Chernoboy do BBB20” para as mulheres fora da casa? Então conte nos comentários quais ações dessas já pensa em dispensar nos seus hábitos.

Veja também

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.