Espectrofilia: um fetiche sobrenatural

Para quem quer ter uma pira de outro mundo

large-espectrofilia

Vamos abrir o jogo, existem os mais diversos fetiches pelo mundo afora. Essas formas diferenciadas de obter o prazer sexual podem acontecer de todo tipo de jeito. Alguns deles você não consegue nem imaginar de tão exóticos.

Nada mais normal, não é mesmo? Então prepare-se para conhecer uma parafilia como nenhuma outra. É de arrepiar de tanto prazer.

Hoje vamos falar de um fetiche que vai além da fronteira sobrenatural. Um fetiche que, inclusive, vai além da própria vida. Mas calma, logo você vai entender tudo sobre a espectrofilia.

Saiba mais sobre esse verdadeiro prazer tão incomum.

Espectrofilia: sexo com fantasmas é um fetiche?

O que é espectrofilia?

Finalmente chegou a hora de saber o que é exatamente esse fetiche tão além do que muitos consideram como normal. A espectrofilia se trata da atração sexual ou do tesão por encontros entre espíritos sobrenaturais e seres humanos.

Ela pode aparecer das mais diversas formas, desde aparições fantasmagóricas nos espelhos até mesmo às tradicionais brincadeiras do copo. O mais importante é rolar um prazer sexual e que envolva o que é além da compreensão comum.

Como surgiu esse fetiche?

Não há uma data precisa para falar do surgimento da espectrofilia. Mas o que dá para dizer é que ela existe desde o início da nossa civilização. Isso porque diversos mitos e diversos folclores contam com momentos prazerosos de espectrofilia.

Existem casos nas mais diferentes culturas, como na Grécia Antiga, no Hinduísmo, nos mitos Celtas e na Antiga Arábia. Será que naquele tempo era mais fácil ter um encontro quente com um fantasma? Os espectrófilos deviam adorar.

Tem como praticar?

Opa, claro que tem! Desde que você não leve as coisas tão ao pé da letra e prefira ir para um caminho mais da fantasia e do role play. Se você e a sua gata acham sexy a ideia de transar com um fantasma, por que um dos dois não poderia se vestir à caráter?

Dependendo do senso de humor de vocês, até mesmo um lençol branco pode resolver. Ou, por exemplo, vocês podem reeditar a clássica cena do filme Ghost: do outro lado da vida. As possibilidades para realizar o desejo sempre são inúmeras, basta usar a criatividade.

As súcubos

Não ache que a espectrofilia se restringe apenas a fantasmas. Pelo contrário, todo ser sobrenatural pode ser alvo de desejo quando falamos desse fetiche de outro mundo. Uma típica da cultura, que existe há séculos nos folclores, são as súcubos.

Muito presentes no folclore ocidental, as súcubos são espíritos que tomam uma bela forma feminina para seduzir homens e, claro, levá-los para a cama. Ou seja, um caso típico de espectrofilia na cultura.

Filmes e séries em que isso acontece

Pode até não dar para imaginar, mas várias obras das telonas e das telinhas que você conhece já representaram diversos tipos de espectrofilia. Tudo isso sem você nem perceber. Um exemplo? A gente já até comentou sobre ele: o Ghost.

No clássico infantil da década de 1980, Os Caça-Fantasmas, também rola uma cena de sexo com uma mulher possuídas. Além desses dois, algumas outras obras que contam com espectrofilia são: O Enigma do Mal, Jornada nas Estrelas: A Nova Geração (temporada 7) e Corrente do Mal.

Evidências

Apesar de ser difícil de acreditar para os mais céticos, existem quem defenda as evidências de casos em que pessoas realizaram a sua espectrofilia.

Casos de motoristas sendo seduzidos por fantasma nas madrugadas, de mulheres virgens que aparecem grávidas ou de alguma gata que um amigo seu conheceu na noite e simplesmente sumiu pela manhã são mais comuns do que você imagina.

Vai me dizer que nunca escutou nenhuma história do tipo?

Já conhecia esse fetiche de outro mundo? Quer conhecer outros? Então diga aqui nos comentários sobre qual parafilia você gostaria de conhecer mais.

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.