Estigmatofilia: o fetiche que está bastante na moda

A atração sexual por corpos diferenciados é um baita sucesso

Uma arte milenar, a tatuagem está presente no corpo humano há muito, mas muito tempo mesmo. Porém, de uns tempos pra cá está cada vez mais comum ver pessoas tatuadas nas ruas e nas cidades. A moda pegou com tudo e cada vez mais pessoas exibem por aí a tinta na pele. A moda da tattoo pegou e ter algo gravado para sempre no corpo não é mais mais tabu nem é reservado apenas para um certo grupo de pessoas.

Mas o que tudo isso tem a ver com fetiche? Bom, se você está se fazendo essa pergunta, deve ser porque ainda não conhece a estigmatofilia. Ou talvez até tenha noção do que pode ser, mas ainda não tem a menor ideia que isso tenha um nome.

Quem está curioso e quer saber mais como tatuagem e fetiche podem andar juntos precisa ler o texto de hoje agora mesmo. Preparado para conhecer uma parafilia que nunca imaginou? Então vem com a gente e descubra um novo prazer.

O que é

Você já deve ter imaginado pelas dicas, mas aqui vai a definição de estigmatofilia. A estigmatofilia é o fetiche por modificações corporais, especialmente tatuagens. Por isso que está cada vez mais na moda e cada vez mais fácil de realizar. Afinal, todo dia surge uma nova gata tatuada para exibir tanto as suas belas curvas quanto uma arte gravada em seu corpo.

Existem as mais diferentes formas de arte corporal. Além do mais, o corpo humano é cheio de espaços que podem ser preenchidos das mais belas formas possíveis. Para os que tem paixão por tatuagens e modificações, as possibilidades de explorar os prazeres da estigmatofilia são praticamente infinitas.

Apenas tatuagens?

Se por um lado, as tatuagens representam um grande prazer dos estigmatófilos, por outro não são a única forma de curtir o fetiche. Outro bom caso de estigmatofilia é o tesão por piercings, por exemplo. Na verdade, todo tipo de modificação corporal pode ser alvo desse prazer.

Pony Blue e Xanaxxxhot, camgirls do CameraHot, tatuagens e cheias de piercings
Pony Blue e Xanaxxxhot, camgirls do CameraHot, tatuagens e cheias de piercings

Por que rola essa atração?

Por ser uma prática muito antiga na humanidade, presente em tribos e seus rituais, as tatuagens foram prevalecendo na história com o decorrer do tempo. Como no início da prática já era muito voltado para reforçar a beleza, com o decorrer do tempo isso não mudou. Assim, um dos motivos para que role a atração é por conta desse costume antigo

Parafilia ou fetichismo

Para muitos, a pira por tatuagens e piercings ainda é considerada uma parafilia, ou seja, a fonte de prazer. No caso, pode ser entendida como a vontade de ver alguém sendo tatuado ou perfurado. Dessa forma, a dor pode causar prazer para aquele que assiste uma sessão de tatuagem, por exemplo. 

Mas a estigmatofilia também pode ser vista apenas como um fetichismo, em que as modificações corporais ajudam a aumentar o tesão do parceiro. Com isso, o prazer existe naturalmente mesmo sem ter em vista uma tatuagem, porém caso tenha é uma bela de uma ajuda. 

Só para tatuados?

Não, meu amigo! O combo é feito pela tatuagens e também pelos piercings. Ambos já possuem uma história muito grande na humanidade e não seria agora que as coisas começariam a desandar, não é mesmo? Para muitas civilizações antigas a modificação corporal ajudava mais ainda a reforçar a beleza de alguém. Por isso, não fique com medo e surpreenda a gata com alguma peça escondida pelo seu corpo. 

Forma de expressão

Além de carregar uma história relacionada a beleza humana, a tatuagem também é uma forma de se expressar. Ter na pele um desenho muitas vezes quer dizer que tem um significado por trás. Assim, é possível ver como um simples traço até o mais sofisticado na verdade quer dizer muito sobre a identidade de alguém. 

E aí, você conhecia esse fetiche? É adepto dele? Então conte pra gente o que mais te atrai em gatas tatuadas e com piercings.

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.