Food play: quando pornô e comida se misturam é o maior prazer

Entenda com vídeos como funciona o saboroso fetiche

Todo mundo sabe sobre os famosos cinco sentidos: visão, audição, olfato, tato e paladar. Em certos pontos mais prazerosos da vida, existe um deles que é mais atiçado, mas isso não significa que os outros ficam de fora. No sexo, é o tato. No pornô, é a visão. Na comida, é o paladar. O bom de misturar sexo, pornô e comida é que você pode ter uma sinestesia completa, ativando várias sensações ao mesmo tempo. Aí que entra o food play.

Com tantos sentidos sendo explorados numa mistura que é puro tesão, é impossível não ficar excitado na hora. Portanto, hoje temos a forma perfeita de por na mesa duas das coisas que mais trazem prazer às pessoas nesse fetiche sensacional. Vem com a gente entender tudo sobre o food play, com explicação de cada estilo e vídeos para ilustrar.

Diferença de food play e food porn

Bom, o nome mais óbvio que surge na nossa cabeça quando pensamos em comida e pornô é o clássico food porn. Porém o termo já foi tomado e é usado para imagens de pratos, lanches e guloseimas que, de tão gostosas, parecem putaria.

Sendo assim, foi necessário adotar um outro nome para o fetiche. Lembra quando você era criança e a sua mãe falava para você não brincar com a refeição? Bom, o food play entra aí exatamente para acabar com essa ideia e mostrar que se divertir com comida é excitante demais.

Food play: conheça os tipos

O mais interessante de tudo é que, quando se trata de usar a comida como fetiche, existem várias formas diferentes. Sendo assim, nada melhor do que descobrirmos qual é cada uma delas.

Foi por isso que, além da explicação sobre os diversos estilos de food play, trazemos um vídeo pornô explicativo. Assim, você já pode se deliciar enquanto conhece o fetiche.

Comida como brinquedo sexual

Quem nunca, não é mesmo? Talvez seja a forma mais instintiva de usar a comida no sexo de todas. Esse jeito de explorar o fetiche é conhecido como food as sex toy e é exatamente como o próprio nome diz.

A ideia usar comidas em formatos fálicos (ou não) na masturbação e na penetração. Aí que entra a banana, o pepino, a cenoura e tudo mais que a imaginação permitir, bem como a gostosa faz aqui neste vídeo:

Bagunça no corpo inteiro

Para a galera mais ousada que gosta de algo bem sujo mesmo. A parada aqui é pegar comidas com bastante cauda ou que tenham a consistência menos sólida possível para esfregar no corpo inteiro, fazendo tanta bagunça quanto possível.

Esse tipo de diversão é conhecida como sploshing e também faz parte do fetiche wet and messy. Para compreender mais como funciona essa bagunça alimentar, veja aqui esse vídeo de putaria:

Transando de boca cheia

Pois é, dá para comer e transar ao mesmo tempo. Ninguém pensa nisso logo de cara, mas é totalmente possível misturar dois dos maiores prazeres da vida em uma coisa só. E existem diferentes formas de fazer isso.

Pode ser com uma gata sendo masturbada enquanto recebe comida na boquinha, pode ser com alguém comendo algo direto do corpo de outra pessoa ou, até mesmo, colocar um gosto a mais naquele boquete. Saca só uma das possibilidades:

Anal food play

Bom, claro que tem quem use a comida como brinquedo sexual para explorar outras partes do corpo. Tá certo, o anal food play acaba sendo englobado pelo food as sex toy, porém é algo tão grande no pornô que precisava de, pelo menos, uma sessão própria. Então tá aqui um vídeo para você de uma gata enfiando uma comidinha no toba em público:

Sushi erótico

Assim como o anal food play, estamos falando aqui de uma subcategoria também. Mas ela se tornou tão famosa que merece seu próprio espaço e não poderia deixar de ser citada. Afinal, não é qualquer fetiche que aparece em pleno Domingão do Faustão, não é mesmo? O sushi erótico tem até um nome original em japonês: nyotaimori. Confira um vídeo do fetiche: 

Tudo junto e misturado

Já deu para perceber que misturar comida, sexo e pornô quebra muitas regras, explorando vários tabus. Sendo assim, simplesmente não tem porque botar fronteiras na diversão. A parada é levar o fetiche ao máximo. Isso significa que é dá pra misturar os tipos de prazer. 

Ou seja, uma gata toda lambuzada num sploshing pode pegar alguma comida e usar de brinquedo sexual. É bom saber os estilos de food play só para ter uma ideia do que rola de fazer com a comida na putaria, mas tudo bem fazer um mix e encontrar várias possibilidades de prazer.

Já sabe tudo sobre food play?

Com toda a certeza deu pra entender o que há de melhor nesse fetiche que é pura delícia, ainda mais com os vídeos explicativos. Bom, você já sabe o que precisa fazer! Chega mais nos comentários e diga pra gente o que mais te excita nessa bela junção de comida e pornô.

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.