O retorno de Mike Tyson: um lutador que soube viver o melhor

A volta do velho campeão aos ringues tá cada vez mais perto

Uma das grandes referências do esporte mundial, dono de uma carreira cheia de narrativa e com uma personalidade pra lá de controversa. Mesmo com anos desde o seu adeus aos ringues, Mike Tyson continua sendo uma figura muito comentada. Ainda mais na iminência de seu retorno ao boxe.

Prisões, ostentação, animais exóticos, mulheres, dinheiro, tudo isso está dentro da história de um dos mais talentosos atletas que o pugilismo já viu. Sendo assim, nada melhor do que falarmos um pouco sobre Mike Tyson, seu retorno e sua conturbada vida.

Mike Tyson: o retorno

Quase todo cara adora o Rocky Balboa. O filme de boxe é um dos mais cultuados por homens no mundo inteiro. Afinal, é um cara que saiu do nada, se tornou campeão, se aposentou e, já velho, teve um retorno triunfante. Só que, repetindo os passos do cinema, Mike Tyson vai trazer esse retorno para a vida real.

Em um duelo inédito, Tyson surpreendentemente em forma para seus 53 anos já tem até um adversário. Se trata do pugilista Shannon Briggs, que tem 48 anos e já foi campeão duas vezes dos pesos pesados. A luta não tem data confirmada, mas será em uma disputa beneficente em 5 rounds. Com certeza dá toda vontade de ver.

Um pouco do que ele fez dentro dos ringues

Quem se lembra das madrugadas da década de 1990 vendo o Mike Tyson, sabe o quanto o boxeador foi marcante para o esporte. Só ver seu cartel profissional de 58 lutas, com 50 vitórias e 44 nocautes não dá noção do tamanho de Tyson.

Peso-pesado veloz, com golpes mortais na linha da cintura e nocauteador de primeira linha, ele foi o maior fenômeno desde Muhammad Ali. Dono de 5 dos principais cinturões da modalidade, ele foi Campeão Mundial de Boxe pela CMB, pela AMB e pela FIB.

Sem sexo até ganhar o cinturão

O comportamento de Tyson, desde o início, com certeza é totalmente fora do padrão, mesmo no início da carreira. Como a gente tá no Papo18, claro que precisava rolar uma curiosidade sobre sexo.

Dedicado ao boxe, o jovem Tyson passou 5 anos sem fazer sexo dizendo que isso ia torná-lo campeão do mundo. Segundo o próprio atleta, transar ia tirar o foco, deixá-lo mais frágil e fazer com que ficasse menos feroz no ringue. Há controvérsias, mas parece que deu certo pra ele.

Chegou a ser preso na infância

Cara, quer falar de infância difícil? Então veja o que o pequeno Mike precisou passar pra chegar ao sucesso mundial. Nascido no Brooklyn em 1966, seu pai abandonou a família e deixou todo mundo em uma enorme crise financeira. Quando garoto, ele era alvo de bullying e, para superar, fez seu estilo de luta na rua.

O resultado da violência e da falta de grana foi que Mike logo se envolveu em atividades criminais. Com 13 anos, ele tinha sido preso um total de 38 anos. Tudo mudou quando, na adolescência e já treinando, Tyson foi encontrado pelo agente de boxe Cus D’Amato. Vendo o talento, D’Amato logo botou o garoto sobre sua tutela, chegando a ser pai adotivo de Mike quando sua mãe faleceu. Que barra pesada!

Da lama à fama e um estilo de vida excêntrico

Depois de superar esse início complicado e traumático, Mike chegou ao sucesso nos ringues e pode curtir muito a vida. Ele chegou a gastar 4,5 milhões de dólares em carros e motocicletas no auge da carreira, sendo que deu 19 desses automóveis para amigos.

Por um tempo, os gastos de Tyson em jóias e roupas foi de 100 mil dólares por mês. Amante de animais exóticos, ele chegou a gastar meio milhão em pombos e tigres, fora os 125 mil mensais que pagava o treinador dos bichos. A lista de como Mike usou sua grana é imensa.

Mas seu estilo de vida diferenciado não para só nos gastos e na ostentação. Para mostrar que é um cara diferente de qualquer outro na cara, ele resolveu meter uma tatuagem facial que ficou extremamente famosa.

A famosa mordida na orelha

Além dos gastos excêntricos, uma das histórias mais conhecidas de Tyson é a de sua luta com Evander Holyfield. Os dois tinham uma rivalidade de longa data que culminou na segunda disputa entre eles em 1997. No ano anterior, Tyson tinha defendido com sucesso seu título da WBA contra Evander.

Holyfield, apesar de ser visto como azarão, dominou o primeiro round da revanche. E, aparentemente sem explicação além da tensão que rolou entre os dois na promoção da luta, Mike Tyson mordeu e arrancou a orelha do adversário. Quem não se lembra disso?

Cumprindo a pena

O atual retorno na velhice não é o primeiro nem o mais difícil de Mike. No auge da carreira, com 26 anos e parecendo imbatível, Tyson teve a pancada mais dura de sua vida. Acusado e considerado culpado por abuso sexual em um caso com a Miss Black America em 1992, ele foi condenado a 6 anos de prisão para pagar sua dívida com a sociedade. Com 3 anos de sentença cumprida, ele foi liberado pela justiça americana e voltou a competir.

A grana do cara

Mike Tyson foi dono de uma fortuna estimada em 300 milhões de dólares. Em 1990, por exemplo, ele fechou o ano com um lucro de US$ 28,6 milhões. Isso o fez ser, naquele tempo, ganhar mais do que o próprio Michael Jordan.

Só que, ostentador de primeira, Tyson gastou tudo com sua vida extremamente exótica. Entre sua saída da prisão em 1996 e 2003, os gastos foram tão absurdos que ele precisou declarar falência.

Atualmente, Mike Tyson tem uma fortuna estimada em 1 milhão de dólares (R$ 5,9 milhões). Parece pouco para quem tinha tanto, mas não é nada mal para quem chegou a falir, não é mesmo?

Gostou de descobrir tudo sobre a vida, a carreira e o retorno do Mike Tyson? Então conta aí pra gente o que você mais gosta do polêmico lutador.

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.