Swing e Suruba – um guia para os solteiros

Esse que é o estilo de vida onde as pessoas, geralmente casais, possuem liberdade sexual para experimentar pessoas novas

Homem com duas mulheres nuas

Pra começar é bom esclarecer uma confusão comum: swing não é suruba. Swing é troca de casais, é um estilo de vida onde as pessoas, geralmente casais, possuem liberdade sexual para experimentar pessoas novas.  E sim, tem lugar para os solteiros tanto na prática da suruba quanto na do swing.

Mas, por onde começar?

O mais comum e tradicional são as casas de swing. Toda cidade tem uma, mesmo que não seja oficial. O único porém é que nesses ambientes só é permitida a entrada de clientes acompanhados. Os desacompanhados pagam o triplo e não costumam se dar tão bem em ambientes assim. Além disso, é comum que homens solteiros queiram dar um jeitinho levando uma garota de programa como acompanhante e a gente imagina que o seu interesse por lá não é numa garota de programa, certo?

Uma outra alternativa para as pessoas mais tímidas ou que ainda não tem certeza se é isso mesmo que querem são os sites de relacionamento adulto específicos para sexo e swing.  E nesta lista temos o Sexlog, Fetch Life, MeuPrazer, CRS e alguns outros.

Além de alguns deles permitirem o cadastro gratuito (você só paga se gostar e quiser usar todas as funcionalidades), são muito parecidos com o Facebook, e pelo preço de uma mensalidade (que é bem menor que uma entrada numa casa de swing) você pode conhecer várias pessoas antes de marcar um encontro, conversar por mensagem, assistir exibições ao vivo, trocar fotos.

E quem é solteiro, como faz para participar?

Casais adeptos do swing são mais abertos a novas experiências sexuais, por isso é muito comum que também se interessem por sexo com homens e mulheres solteiras.

Muitos casais do meio liberal também gostam e procuram homens solteiros para incluir nas festinhas, ménages, gangbang e suruba, claro. E para isso esses sites de relacionamento adulto também funcionam muito bem, pois aproximam esses casais e os solteiros que buscam uma aventura.

Uma coisa que o solteiro tem que saber desde o início é que há mais oferta de solteiros do que de casais: é preciso caprichar na auto-descrição, na abordagem e nas fotos compartilhadas. Não seja mais um na multidão!

As pessoas que praticam swing gostam bastante de discrição e educação, então tenha isso em mente quando for mandar uma mensagem ou conversar com um casal.

Dicas práticas para participar de uma troca ou swing

Você fez então seu cadastro no Sexlog ou outro app de troca de casais, começou a conversar com um casal bacana e deu tudo certo e marcaram de sair. E agora?

Não importa se o convite foi para uma troca de casais ou suruba, as dicas são as mesmas.

  • Não vá com muita sede ao pote, controle a ansiedade, seja gentil com os casais e mostre a eles que é uma pessoa agradável e de confiança
  • Seja discreto, pois as pessoas gostam de sua privacidade.
  • Não se apegue ao físico, há boas surpresas em todos os tipos de corpo.
  • O casal (em especial a esposa) costuma dar as regras, respeite!
  • Não faça nada que te deixe desconfortável.
  • Parece óbvio, mas às vezes o pessoal esquece. Vá sempre limpo!
  • Use camisinha, sempre! Mostre que você é um cara que merece a confiança do casal, já que cuida da sua saúde e da saúde dos seus parceiros.

Agora que você já sabe o básico, vai tomar coragem e colocar em prática essas dicas?

 

 

 

Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.