Transando em um lugar que não devemos, por Rockeirinha

Continuação do conto anterior dessa safada

Já contei para você o início dessa história no conto anterior. Agora vem a parte mais louca. Eu e o moreno desconhecido (que chamarei de João) estávamos com tanto tesão, mas tanto que o nosso pensamento era só esse: vamos foder muito em qualquer lugar que a gente conseguir! Por sorte, em roteiros de viagens como essa, sempre há no mínimo uma parada para os passageiros jantarem, por exemplo. 

Dentro do ônibus, não pude ver todos os traços daquele homem gostoso. Mas ao descer e reparar bem nele, a  minha vontade só aumentou. Eu desejava ser agarrada por ele, sentir os seus braços me apertando e a sua rola enorme ocupando cada espaço da minha bucetinha que era bem apertadinha!

Ele olhou no fundo dos meus olhos e disse: – Te pego no banheiro.

Ele não pediu, ele me convocou! E depois de falar, olhou para a minha boca daquele jeito que faz qualquer uma delirar.  E eu sem conseguir disfarçar, acabei notando que seu pau estava quase explodindo dentro daquela calça jeans. Virou-se e foi em direção ao banheiro. 

Eu, discretamente, fui até o banheiro feminino e fiquei ali por alguns minutos até notar que vários homens saíram do banheiro masculino e nenhum novo entrou. Lá fui eu, com a buceta já toda meladinha e com a adrenalina correndo nas veias e pensando: – Eu vou mesmo fazer isso? Contudo, ele já estava lá, no último banheiro, escondidinho, alisando aquele pau lindo e só esperando pra me comer bem gostoso!

Confesso que fiquei apreensiva em sermos pegos. Ao chegar, coloquei o pé em cima do vaso e empinei a bunda e ele, abaixando bem as calças,  veio encaixando por trás e eu fui sentindo aquele monumento entrar dentro de mim. Só sentia aquelas estocadas gostosas misturadas ao medo de sermos descobertos. Mesmo com uma vontade descomunal de gemer muito, tive que me conter. Mas eu queria muito que os quatro cantos ouvissem e soubessem o quão bem eu estava sendo comida.

Obviamente eu gemia baixinho a cada vez que ele metia em mim e, ao mesmo tempo, massageava o meu grelinho com aquela mão grossa. Mesmo assim, muitos gemidos e gritinhos escapavam, e ele falava: – Está muito gostoso, mas ninguém pode nos ouvir!

Ele sugeriu outra posição. Eu ficaria no controle dessa vez. Então, ele se sentou e eu, no colo dele, fui encaixando seu pau na minha bucetinha, que nessa hora, já estava muito molhada e em êxtase total. Enquanto eu cavalgava, olhava fixamente em seus olhos castanhos, querendo dizer: quero dar muito mais para você (mesmo sem sair uma palavra da minha boca). 

Nessa hora, ouvimos alguém entrando no banheiro. Nunca fiz tanto silêncio na minha vida. Esperamos ouvir os passos daquele homem ir embora e continuamos, ele sentado e eu cavalgando. Ele já estava prestes a gozar e eu notando isso, comecei a rebolar devagar sempre com meus olhos fixos nos deles. Aí ele me fala: – Acho que eu nunca fiz uma loucura tão grande. Você é a gostosa mais louquinha que eu já conheci.

Aquilo me deixou tão excitada e como eu fazia um vai e vem em cima dele, minha bucetinha roçava bastante no corpo dele e eu acabei gozando muito. Foi surreal. Ele vendo eu me contorcer muito, pediu: – posso gozar nos seus peitos? Não falei nada, apenas me pus de joelhos e tirando a blusa por completo, sussurrei: – me dá tudo! Ele me encharcou, jorrou bastante, bastante mesmo.

E agora estávamos melados e se não nos limpássemos logo, o ônibus iria embora sem nós dois. Eu estava com o cabelo muito bagunçado também. Enquanto eu me arrumava, ele ficava de olho caso entrasse alguém e cuidou para que eu saísse do banheiro sem ninguém ver.

Ao voltar para o ônibus, adormeci nos braços daquele desconhecido que intitulei de João, até a descida dele em sua cidade. 

Rockeirinha, camgirl do CameraHot

Rock’n’roll e putaria, tudo a ver, né? Rockeirinha é uma camgirl sem frescuras se aventurando nos contos eróticos. A loira do Sul de 28 anos e dona de uma pepeca super gulosa ama compartilhar suas experiências, curte tatuagem, musculação e tem muita curiosidade sobre tudo que tenha a ver com sexo. A sala dela é um ambiente seguro para você contar seus desejos e vontades. Vai que ela realiza para vc?!

Avatar
Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.