Yudi Pineda: de freira a atriz pornô

Isso, sim, é uma mudança de carreira radical

A vida adulta não é fácil. Muitas vezes você se questiona sobre o que está fazendo. Em grande parte, isso acontece principalmente no âmbito profissional. É por isso que os coaches estão tão em alta hoje em dia. Quem nunca se questionou se estava ou não profissão certa? Certamente, a estrela pornô Yudi Pineda passou por essa reflexão.

O curioso da história é que a colombiana não fez uma troca qualquer de carreira. Antes de entrar para o mundo do entretenimento adulto, ela estava em um caminho que não poderia ser mais diferente do que ela estava trilhando anteriormente.

A gata estava prestes a tomar um hábito e se casar com Jesus. Yudi deixou de ser freira para se tornar uma atriz pornô. Se você quer saber mais sobre essa gata — e sua mudança radical — está no lugar certo.

Oito anos

Não tem como falar de Yudi Pineda sem comentar seu passado na igreja. A gata, bem antes de ser uma estrela na frente das câmeras, estava em uma realidade completamente diferente. Se, hoje, ela já tem uma década de carreira como estrela pornô, antes as coisas eram bem diferentes.

Isso porquê, dos dez aos 18 anos, Yudi era interna de um convento local e estudava para ser freira. A jovem colombiana conta que se sentia muito feliz por lá. Porém, o conflito veio quando ela se apaixonou por um de seus professores. Ao perceber que jamais poderia consumar seus desejos, ela acabou abandonando sua vocação.

Como tudo começou

Pouco depois, ao se mudar para Medellín, foi descoberta por um agente que estava recrutando modelos. Ele queria novas gatas para o seu site de camgirls. Yudi, então, participou da seleção e, claro, logo foi aceita. Porém, com toda a sua formação católica, a bela resolveu ir até um confessionário e buscar por aconselhamento.

Mas, no fim das contas, rejeitou o conselho do padre e topou o desafio. Hoje, com dez anos como camgirl e estrela pornô no currículo, ela diz: “no começo eu me senti mal, mas agora estou bem com isso”.

Curte um pornozinho

Bom, se ela não gostasse, certamente não teria entrado de cabeça na indústria. Mas o interessante é que Yudi se amarra em estar do outro lado da telinha também. Ela já declarou em entrevistas que gosta muito de assistir pornografia e que se masturba diariamente.

Que bom que essa gata entendeu e entrou tão bem em contato como o próprio corpo. Afinal, uma boa siririca não faz mal a nenhuma mulher. Mas talvez com essa revelação, fique bem claro que o hábito de freira não ia fazer muito bem à bela colombiana.

E as missas…

Mesmo com a nova profissão, ela está bem longe de ter deixado a religião para trás. Afinal, depois de passar tantos anos em um convento e por uma formação religiosa tão longa, seria bem difícil abandonar aquilo que se acredita. A colombiana continua bastante católica até hoje, mesmo depois de uma década trabalhando na indústria do entretenimento adulto.

A verdade é que Yudi não perde nenhum domingo de missa. Vai até um pouquinho além, inclusive. “Também estou bem na igreja. Nunca perco as orações de sexta, as reuniões de sábado ou a missa de domingo”.

Maior sucesso da Colômbia

Nascida na pequena Ituango, cidadezinha do estado da Antiquia, ao noroeste da Colômbia, Yudi mal saberia o que a esperava em sua vida. Vinda de uma comunidade bastante religiosa, ela passou boa parte da infância e da adolescência em um convento.

Sua história peculiar, ao abandonar a carreira religiosa e se tornar uma estrela pornô fez uma coisa por ela: tornar Yudi Pineda nacionalmente famosa. Hoje, ela é a estrela pornô mais amada e mais acessada em seu país natal.

O mais difícil nisso tudo?

Não é nada do que você possa estar pensando. Segundo Yudi, a parte mais difícil de sua radical alteração no estilo de vida não tem a ver nem com a nova profissão, nem com a antiga carreira.

Na realidade, o que ela achou mais difícil em todo esse contexto foi explicar para os seus filhos qual é o seu novo emprego.

E aí, acha que a gata agora encontrou sua verdadeira vocação?

Sexo, mulheres, vídeos e ensaios eróticos! Isso e muito mais do universo masculino com aquela pitada de humor, sacanagem e informação.